PIBID

PIBID

domingo, 29 de novembro de 2015

Aula Prática 03 - Júri Simulado

PIBID 2015 - Segundo Semestre


Grupo: Natália Goulart, Adrieli Martins, Clécia Alves, Larissa Batista e Leonardo Henrique 
Prof. (a) supervisora: Jaqueline Castelo Branco
Cidade: Muzambinho - MG           Séries: 1°e 2° ano do ensino médio    
Escola: Escola Estadual Professor Salatiel de Almeida    


Prática

Aula 6 - O julgamento: Júri simulado 
Dia - 13/11/15

No dia 13 de novembro de 2015, foi realizada a aula prática sobre a temática ''Agricultura Convencional e Conservacionista e os Impactos Ambientais'', com turmas do 1º e 2º ano do Ensino Médio, na Escola Estadual Professor Salatiel de Almeida. A aula prática foi intitulada como: O julgamento: Júri simuladoO júri simulado é uma dinâmica na qual visa uma simulação de um tribunal judiciário.




Metodologia



Antes mesmo de começar a aula prática, houve a preparação do cenário para a atividade.Foi montada uma pequena estrutura que lembra-se uma sala de tribunal, com mesas e carteiras, as quais continham uma identificação para os participantes do julgamento.






Inicialmente, foram escolhidos 5 alunos (voluntariamente), cada um deles por meio de um sorteio pegou um papel, o qual delegava uma função no júri simulado.Logo após o sorteio, os discentes tiveram que escolher os membros que integrariam as suas equipes, e isso aconteceu da seguinte forma:

- Os alunos que tiraram o papel com as funções de advogado de acusação e de defesa, deveriam escolher mais 4 pessoas para integrar a equipe;

- O aluno que ficou com o papel de testemunha, podia escolher mais 5 pessoas; 

- O aluno que ficou com o papel de jurados, podia escolher mais 4 pessoas;

- E somente com exceção do réu, que deveria permanecer sozinho no julgamento.

Observações: O número de representante nas demais equipes variou de acordo com a quantidade de alunos nas turmas. A função de juiz ficou a cargo de todos os 5 bolsistas, que mediaram todo o processo.

Descrição das funções no júri simulado:

- Réu: Chamado em juízo para responder em ação civil ou por crime.

- Advogado de acusação: Formula as acusações contra o réu ou ré.

- Advogado de defesa: Defende o réu ou ré e responde às acusações formuladas pelo advogado de acusação.

- Testemunhas: Falam a favor ou contra o réu ou ré, de acordo com o que tiver sido combinado, pondo em evidência as contradições e enfatizando os argumentos fundamentais.

- Corpo de Jurados: Ouve todo o processo e a seguir vota: Culpado ou inocente, definindo a pena. A quantidade do corpo de jurados deve ser constituído por número ímpar (3, 5 ou 7).

- Juiz: Dirige e coordena o andamento do júri.

Após todos os alunos se acomodarem em suas devidas posições,o julgamento foi iniciado e o juiz apresentou a situação problema para os discentes, e isso foi feito com o apoio dos recursos de multimídia.Em relação a esse ponto foram elaboradas 3 situações problemas,mas em função do tempo escolhemos apenas uma.O problema exposto para os alunos foi:



Apresentado o problema aos alunos, foi dado um tempo de 5 minutos para se preparam previamente, para defender ou acusar o réu com argumentos convincentes.O réu podia se juntar com os advogados de defesa, para ajudar  com os argumentos.É válido se ressaltar, que como auxílio foram deixados sobre as carteiras papeis(papel de reuso) e canetas, para a utilização dos discentes.






Terminado o tempo, cada grupo lançou a sua tese inicial, defendendo seu ponto de vista na medida em que surjam réplicas e tréplicas. Durante o julgamento, os advogados de acusação e defesa, podiam chamar as testemunhas para testemunhar contra ou a favor do réu. Os jurados ficavam atentos aos argumentos, e faziam anotações para apresentar ao juiz. Posteriormente ao julgamento, o juiz pediu para os jurados darem sua opinião e dizerem qual argumento foi mais convincente. Após a fala dos júri, o meritíssimo pediu um tempo aos membros da audiência  para tomar uma posição.





Esse momento foi de extrema importância para os bolsistas, visto que os mesmos deveriam dar um veredito final, baseando-se em todo contexto apresentado no julgamento. Ao se reunirem e analisarem suas anotações feitas ao decorrer do evento, todos os juízes esporam suas opiniões a respeito dos argumentos e tomaram uma posição. Das 4 turmas participantes da aula, em 3 destas, os advogados de acusação ganharam a causa, e em 1 turma, os advogados de defesa e de acusação apresentaram argumentos tão convincentes, que não foi possível tomar uma posição, e foi decidido marcar outra audiência.




Esta aula foi bastante produtiva, pois os alunos se mostraram muito interessados no julgamento. O envolvimento pela atividade proposta foi nítido e surpreendente, sem ao menos pedirmos muitos alunos se levantaram e se dirigiram ao meio para falar, usaram palavras adequadas para se reportarem perante ao juiz, e chegaram até mesmo a perguntar como poderiam se portar no julgamento.Também não podemos nos esquecer da criatividade que foi marcante,cada turma com a sua história. Destacamos aqui a nossa satisfação enquanto ao uso desta metodologia, visto que conseguimos perceber o real aprendizado das turmas, que se basearam em muitos contextos expostos em aulas teóricas ministradas anteriormente em sala.Contudo o objetivo desta aula foi despertar e promover o senso crítico, alcançando assim, a contextualização do conteúdo.





Referências Bibliográficas:

MACEDO, Giélia Silva. Como fazer um júri simulado. Disponível em <http://www.mundojovem.com.br/dinamicas/como-fazer-um-juri-simulado>.Acessado em: 10 de nov. de 2015.

ARAGUAIA, Mariana. JÚRI SIMULADO: CLONES. Disponível em:<http://educador.brasilescola.uol.com.br/estrategias-ensino/juri-simuladoclones.htm>. Acessado em: 10 de nov. de 2015.

AMB - Associação dos Magistrados Brasileiros. Orientação sobre júri simulado para jovens. Disponível em: <http://www.amb.com.br/cej/sub_jurisimulado.html>. Acessado em: 10 de nov. 2015.

LAUTERT, Elin. Elaborando e discutindo o júri simulado.Disponível em: <http://www.colegioisraelita.com.br/index.phpoption=com_k2&view=item&id=153:elaborando-e-discutindo-o-j%C3%BAri-simulado>. Acessado em: 10 de nov.2015.


Texto: Grupo.